Faça parte da nossa comunidade e receba nossos conteúdos exclusivos!

  • Nardele Gomes

5 dicas preciosas para desenvolver o hábito da leitura

Atualizado: Mai 28

É fato: quem lê mais, escreve melhor. Se você não gosta de ler, este artigo pode fazer você mudar de ideia




É uma lei universal: quem lê muito, escreve melhor. Alguém aí tem objeções?


Quem lê tem repertório de ideias, adquire novas expressões, articula bem o raciocínio, tem cultura, pensamento crítico, estimula a criatividade e desenvolve uma infinidade de outras habilidades fundamentais para quem quer escrever.


Sendo assim, se você não tem hábito de ler, a hora de desenvolver é sempre AGORA.


Para ganhar ritmo de leitura Comece por um livro pequeno, de um assunto que te interesse muito. A leitura será mais rápida e provavelmente prazerosa. Não faça disso uma missão, mas estabeleça um prazo razoável. Aos poucos a leitura vai se tornando um (poderoso) hábito.


Conheça os audiobooks Você também pode aderir aos audiobooks, e “ler” enquanto dirige ou faz exercícios, por exemplo. Existem diversos aplicativos para baixar em seu celular que cobram uma mensalidade, mas que também oferecem conteúdo gratuito. As gravações nos bons aplicativos são de qualidade e, pra quem não se interessa muito por livros, essa pode ser uma porta de entrada interessante. As lojas de aplicativos vão te dar muitas opções, seja para IOS ou para Android.



Prefira ler um livro por vez Quando você lê mais de um, normalmente se perde um pouco, e precisa voltar uma ou duas páginas pra se situar, atrasando a leitura.


Observe seu ritmo Se você lê e relê muitas vezes o mesmo trecho, talvez não tenha ainda um bom ritmo de leitura, ou então não está tão interessado na história. Procure começar por livros que tratem de seus interesses e paixões. Ou ainda, talvez esteja se dedicando à leitura no momento errado do dia. Uma boa dica é levantar um pouco antes do seu horário de acordar, e ler. Nesse momento o falatório da mente ainda é mais brando.


Com licença, distrações! Afaste os vilões e ladrões de atenção: celulares, televisão, ruídos excessivos. Prefira o silêncio ou uma música tranquila, bem baixinho.



Gostou desse artigo? Compartilhe!

RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS E COM PRIORIDADE!

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram