Faça parte da nossa comunidade e receba nossos conteúdos exclusivos!

  • Nardele Gomes

Sabe o que é 'queísmo'? Descubra e fuja dele

Uso excessivo da expressão "que" cansa o leitor. Veja como substituir



Você já ouviu falar em "Queísmo"?


Queísmo é o abuso do pronome 'que' num texto, seja ele um artigo, redação de um concurso, um relato, qualquer texto escrito.


O uso excessivo de uma mesma expressão, seja ela qual for, demonstra pobreza de vocabulário, dificuldade de articular as frases ou simplesmente preguiça mesmo. Queremos fugir dessa situação, correto?


Vou mostrar um exemplo prático:


"Quando decidi que queria falar que o uso excessivo do pronome 'que' incomoda, foi que percebi que esse hábito é mais comum do que pensamos."


Agora veja como fica essa frase substituindo o excesso de "ques":


"Quando decidi falar sobre o uso excessivo do pronome 'que', percebi quão comum é este hábito".


Percebem a diferença? Na segunda opção, o único "que" é o objeto dessa dica. O sujeito do post de hoje. Todos os outros foram substituídos sem prejuízo da compreensão, e tornando a sentença mais fluida e articulada.


Veja outros exemplos:



Em vez de:


"Releia sempre para que não deixe passar erros desse tipo."


Prefira:


"Releia sempre, para não deixar passar erros desse tipo."



Em vez de:


"O leitor quer que a experiência seja fluida."


Prefira:


"O leitor quer uma experiência fluida."



Em vez de:


"Eu queria que a experiência fosse fluida para o leitor."


Prefira:


"Eu queria uma experiência fluida para o leitor."



Em vez de:


"O leitor que se sentiu cansado desistiu da leitura."


Prefira:


"O leitor, cansado, desistiu da leitura."



Lembrem-se: reler, apagar e reescrever fazem parte da construção de qualquer texto escrito e da rotina de quem escreve!



Gostou desse artigo? Compartilhe!

RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS E COM PRIORIDADE!

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram